Você conhece a importância de capacitar os professores da sua escola para utilizarem a tecnologia em sala de aula? Sabe quais os benefícios da capacitação de professores em tecnologia educacional? Já imaginou como isso pode melhorar o processo de ensino-aprendizagem?

Se você respondeu “não” a uma ou mais dessas perguntas e quer saber mais sobre a capacitação de professores em tecnologias educacionais, confira o post que preparamos para você!

Uso da tecnologia a favor do ensino

Os jovens e as crianças atuais são muito diferentes dos alunos que a escola recebia no passado: eles são nativos digitais, têm mais acesso à tecnologia e à informação e estão sempre conectados. Esse novo perfil de aluno traz para a escola novos desafios e novas possibilidades para o uso da tecnologia educacional.

A proibição de smartphones e outras tecnologias não é mais vista hoje como uma medida eficaz para manter a concentração dos jovens nas aulas nem para garantir a efetividade da aprendizagem. Os celulares deixaram de ser os vilões da sala de aula e passaram a atuar como os mocinhos.

Atualmente, as escolas tendem a investir nas tecnologias da educação para melhorar a aprendizagem dos jovens e propiciar um ensino mais dinâmico, moderno e inovador. Assim, é necessário que as instituições de ensino e os professores aprendam a usar os celulares, tablets e outros dispositivos eletrônicos a favor do ensino!

O uso das tecnologias da educação abre ampla gama de possibilidades para o educador e tem potencial para melhorar a qualidade do ensino. Entre as opções que as tecnologias da educação trazem destaca-se a gamificação, que é a utilização de jogos didáticos para motivar o aluno e propiciar a aprendizagem.

Outros recursos tecnológicos que podem ser utilizados pelo professor são os vídeos e as animações, a possibilidade de pesquisas em grupo em sala de aula, as tarefas on-line e até mesmo a realidade aumentada.

Portanto, é consenso que há muitas vantagens de utilizar a tecnologia na sala de aula. Ela pode contribuir para uma aula mais dinâmica e moderna, e facilitar o compartilhamento de dados com a turma.

Ela também pode auxiliar o professor a identificar as maiores dificuldades da classe e propiciar que ele aja em cima disso. Uma das grandes vantagens das tecnologias educacionais é motivar e engajar os alunos desinteressados e torná-los mais motivados e participativos.

No entanto, apenas utilizar celulares, tablets e computadores em sala de aula não é suficiente para garantir uma aula moderna, dinâmica e efetiva. É necessário que a instituição de ensino invista na capacitação de professores para que eles saibam utilizar esse recurso de forma adequada e estejam aptos a orientar e auxiliar os alunos.

Capacitação de professores

Como vimos, a tecnologia da educação oferece muitas possibilidades, mas para que seja de fato efetiva é necessário promover a capacitação dos professores. Isso é essencial, e o próprio Ministério da Educação (MEC) reconhece a necessidade de capacitar os professores em novas tecnologias.  

Em 2015, por exemplo, o MEC fez uma parceria com o Instituto de Tecnologia de Aeronáutica (ITA) para promover a capacitação de gestores e professores de uma rede pública municipal em novas tecnologias. O objetivo desse projeto é preparar melhor os professores, fornecendo melhor domínio das tecnologias digitais e ajudá-los a desenvolver metodologias inovadoras com o uso das tecnologias.

Além disso, a própria Base Nacional Comum Curricular (BNCC) considera as tecnologias educacionais um aliado para a aprendizagem de alunos da educação básica.

Um dos desafios que o gestor e a instituição de ensino podem enfrentar para a inserção de novas tecnologias em sala de aula é a própria resistência dos professores. Muitos dos educadores não foram formados em um meio computadorizado e têm dificuldades técnicas na sua utilização.

Por outro lado, os alunos, muitas vezes, têm conhecimento de certas ferramentas e recursos que os próprios professores desconhecem. Isso acaba contribuindo para a resistência dos professores quanto ao uso das tecnologias educacionais.

No entanto, isso pode ser facilmente resolvido com uma única coisa: conhecimento. Por meio da capacitação de professores, os docentes entram em contato com as tecnologias educacionais e são adequadamente preparados para utilizá-las em sala de aula.

O professor também pode conhecer novos aplicativos e ferramentas que melhoram o seu trabalho. O conhecimento sobre essas tecnologias e o reconhecimento do seu potencial como ferramenta em sala de aula deixam os professores menos resistentes e mais abertos para utilizá-las.

A capacitação de professores em tecnologias educacionais pode contribuir para que a instituição se modernize e se torne mais dinâmica —- fatores muito valorizados por quem procura uma escola de qualidade. Além disso, os alunos se tornam mais motivados e engajados, melhorando a aprendizagem. Enfim, a capacitação de professores em tecnologias educacionais traz apenas ganhos para a escola que se propõe colocá-la em ação.

Dicas para a capacitação de professores

Agora, que você já sabe da importância das tecnologias educacionais e da necessidade de capacitar os professores para o seu uso, quer saber como pode colocar isso em prática na sua escola? Vamos dar algumas dicas que podem ajudá-lo.

Invista em tecnologias

Antes da capacitação, é necessário que professores e alunos tenham acesso às tecnologias dentro da escola. Um estudo recente feito pelo IBGE em escolas públicas mostra que a principal dificuldade para o uso das tecnologias em sala de aula é a falta de infraestrutura e de capacitação adequada.

Portanto, o primeiro passo é a instituição de ensino investir em uma boa infraestrutura para a utilização de tecnologias educacionais.

Comece aos poucos

Escolha algum segmento da escola para iniciar a capacitação — por exemplo, todos os professores que dão aula para o ensino fundamental. Ou, então, foque algum tipo específico de profissional — por exemplo, todos os professores de ciências.

Outra opção é escolher um grupo de professores mais abertos e adeptos das tecnologias. Esse grupo pode se empolgar com as novidades e disseminar as informações para os demais colegas.

Inclua novas ferramentas gradualmente

Apresentar as alternativas aos poucos é importante para que os professores aprendam e possam testar em turmas pilotos. Apresentar todas as ferramentas em um único momento pode deixar os professores perdidos e inseguros.

Contrate uma empresa especializada em capacitação tecnológica

É muito difícil que os gestores e coordenadores escolares possam oferecer por si próprios bons cursos de capacitação tecnológica aos educadores. ​É comum que os gestores e coordenadores tenham limitações sobre a tecnologia educacional e também precisem de capacitação adequada.

O mais indicado é procurar empresas especializadas em consultoria educacional e na capacitação de professores, a fim de garantir a qualidade do serviço prestado e os retornos esperados com essa capacitação.

Viu como é importante a capacitação dos professores para o uso da tecnologia em sala de aula? Aqui na Trivium capacitamos educadores da rede particular de diversos portes para a melhor utilização da tecnologia em sala de aula. Quer saber mais? Entre em contato conosco!