A educação, dentro do contexto democrático, tem trazido uma série de mudanças em relação ao papel do professor. Nesse sentido, ele deve transformar-se em um mediador do conhecimento, muito devido a esse novo contexto pedagógico que vem sendo implementado nas instituições de ensino.

Partindo de uma aprendizagem colaborativa, os docentes devem ser capazes de atender às demandas e expectativas de seus estudantes, justamente por compreender sua responsabilidade enquanto facilitador do ensino. Assim, é preciso aprender a conhecer a realidade da comunidade escolar na qual está inserido.

Continue a leitura e entenda qual é o papel do professor dentro do contexto pedagógico de educação democrática. Confira a seguir!

Como se dá a atuação do professor enquanto mediador do conhecimento?

A figura do professor tem se transformado de detentor exclusivo do conhecimento para um papel mais amplo de mediador ou facilitador. Assim, ele deve atuar como um pesquisador, ou seja, um indivíduo que provoca os estudantes para que consigam aprender por meio de seus próprios questionamentos.

Com isso, é preciso enxergar o aluno de forma integral, identificando todas as diferentes dimensões que fazem parte de sua formação, com o intuito de dialogar e responder às suas necessidades. Do mesmo modo, o vínculo com a família dos discentes também é fundamental para estreitar as relações e criar vínculos que fortaleçam e intensifiquem o processo educativo.

Levando em consideração a melhoria de sua atuação docente, o professor pode desenvolver estratégias de trabalho colaborativo com a equipe da escola, buscando criar uma verdadeira comunidade de aprendizagem. Sendo assim, o grupo pode compartilhar seus principais anseios e propor metodologias de ensino que respondam às demandas do ambiente escolar.

Como a aprendizagem colaborativa beneficia a educação democrática?

Um conceito que responde muito bem às necessidades desse novo contexto pedagógico é a aprendizagem colaborativa. Esse método propõe uma atuação docente que visa estimular o pensamento crítico, o desenvolvimento de habilidades e capacidades, a resolução de problemas, entre outros. Essa nova forma de ensinar e aprender faz com que os estudantes assimilem melhor os conceitos e passem a construir conhecimentos de maneira mais autônoma.

Nesse sentido, o processo de ensino vai de encontro com a educação democrática, que preza sobretudo por uma gestão escolar mais colaborativa. Assim, o intuito é que ocorra o diálogo com a comunidade escolar para que seja possível compreender as principais necessidades e expectativas de alunos, pais, educadores e gestores.

Com isso, espera-se que os discentes tenham mais autonomia sobre a sua própria aprendizagem, assumindo responsabilidades e refletindo sobre as decisões que afetam tanto a sua vida pessoal quanto pessoal. A escola, portanto, deve tomar decisões e ações sempre levando em consideração a participação dos envolvidos, dando o exemplo enquanto uma instituição democrática.

Qual é o papel do professor ao promover a educação democrática?

Os professores, dentro desse contexto, devem desenvolver um projeto pedagógico que esteja centrado no estudante, promovendo mudanças positivas para a sua formação e emancipação. Assim, é possível trocar conhecimentos e provocar uma transformação na maneira de pensar e agir, colocando em prática o processo de ensino de acordo com o novo paradigma de educação.

Para que a aprendizagem ocorra, no entanto, os educadores devem propor trabalhos e atividades que estimulem o vínculo com o ambiente escolar, onde cada participante possa contribuir e desenvolver um senso de responsabilidade com a vida coletiva do espaço educativo. 

Percebe-se que o papel do professor é de suma importância para garantir que os estudantes consigam ter uma formação que dialogue com a realidade e o contexto estudantil. Assim, a capacitação docente torna-se fundamental para apoiar os educadores e, também, para tornar a profissão cada vez mais valorizada.

Gostou do conteúdo? Confira também os 5 desafios que o professor multiplicador pode enfrentar diante das novas tecnologias!