Os indicadores de qualidade na educação consistem em uma metodologia de autoavaliação escolar que agregam um conjunto de indicadores educacionais qualitativos de fácil compreensão. São capazes de estimular a participação das diferentes pessoas que participam da escola, como professores, estudantes, famílias, gestores, funcionários, entre outros.

A metodologia foi criada por um conjunto de instituições parceiras e envolveu o esforço de gestores, especialistas e profissionais da educação comprometidos com a garantia do direito à educação. Os indicadores buscam estimular a disseminação de processos democráticos e participativos de avaliação, monitoramento e planejamento de práticas e políticas educacionais.

Neste post, vamos falar sobre os principais indicadores de qualidade na educação. Confira!

Ambiente educativo

Esta dimensão consiste na necessidade de se pensar no ambiente escolar como um lugar para o alcance do conhecimento e para a socialização. No ambiente educativo, a alegria, o respeito, a solidariedade, a amizade e o combate à discriminação são práticas que garantem a socialização e fortalecem a noção de cidadania.

Esse indicador sugere que o gestor crie um ambiente escolar favorável ao respeito, disciplina e tolerância.

Prática pedagógica e avaliação

Por meio de uma ação planejada do professor no dia a dia da sala de aula, a escola faz com que os alunos aprendam e adquiram a vontade de aprender cada vez mais e com autonomia. Para isso, é preciso compreender suas diferenças, acompanhá-los de perto, demonstrar interesse por eles e conhecê-los em suas dificuldades e potencialidades.

Outro aspecto é que deve ser levado em conta é o fato de que as informações estão em todo lugar. Isso reforça a necessidade de planejar as aulas com base em um conhecimento sobre o que eles já sabem e o que precisam saber.

Outra questão tratada nesse indicador é a necessidade de fazer avaliações iniciais para ver quais melhorias devem ser implantadas na prática pedagógica para corrigir defasagens. Esse processo deve ser contínuo e não apenas centrado em provas.

Ensino e aprendizagem da leitura e escrita

Esta dimensão pressupõe a necessidade da criança ter contato com vários textos no início da alfabetização, ouvindo histórias e observando adultos que leem. Para isso, é preciso que a escola tenha uma proposta pedagógica bem definida para que os professores elaborem atividades adequadas a cada série nesse processo.

Nesse contexto, a aquisição da escrita e leitura precisam progredir a cada ano, na qual o estudante vai se aprimorando cada vez mais e conseguindo ler textos mais complexos.

Gestão escolar democrática

Esta dimensão consiste no acompanhamento da qualidade da educação oferecida na escola. Ela evidencia a importância de compartilhar decisões com toda a comunidade escolar. O gestor deve zelar pelo acolhimento de todos, preocupando-se com a evasão escolar.

Caso os números sejam elevados, a direção deve propor a implementação de atividades que sejam mais atrativas para a permanência dos alunos na escola.

Formação e condições de trabalho dos profissionais da escola

Esta dimensão propõe que, para alcançar as metas no projeto pedagógico, o gestor precisa que todos os profissionais colaborem na escola. Assim, todos os profissionais têm responsabilidades na educação do estudante, pois o processo de aprendizagem não acontece somente na sala de aula.

Assim, é preciso investir na formação dos profissionais e buscar parcerias com instituições de ensino privadas e públicas.

Espaço físico escolar

Este indicador consiste na necessidade de um ambiente escolar bem cuidado, arejado, florido e equipado para atender todos os alunos. Na gestão do espaço escolar, é preciso estar atento para:

  • o bom aproveitamento dos recursos existentes;
  • uma organização que favoreça o convívio entre as pessoas;
  • a qualidade dos recursos.

Acesso, permanência e sucesso na escola

Esta última dimensão indica que é preciso ter acesso aos alunos com maior dificuldade de aprendizado e saber quem são os evadidos.

É necessário conhecer a realidade dos alunos e entender quais os motivos do abandono escolar ou porque não comparecem às aulas.

Os indicadores de qualidade na educação são dimensões muito importantes e, por isso, não deixe de implementar na sua escola e sala de aula. Assim, há uma maior participação de todos na comunidade escolar e uma melhoria na educação.

Gostou do nosso post? Então assine a nossa newsletter e receba o nosso conteúdo diretamente na sua caixa de entrada!