Você já ouviu falar em educação digital? Sabe o significado desse termo? Já imaginou como pode utilizá-la na sua escola, ajudando na construção da cidadania?

Se você respondeu não a uma ou mais perguntas e quer entender o que é educação digital, confira o post que preparamos!

Afinal, o que é educação digital?

No Brasil, muito se comenta sobre a inclusão digital, que é a busca pela democratização das tecnologias, com o seu acesso por todos. Contudo, pouco se fala da necessidade de uma educação digital. De fato, o termo ainda é novo. Ele se refere ao uso correto, ético e lícito das tecnologias, baseado nos princípios básicos da cidadania.

E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, a educação digital não pode ser compreendida apenas como a capacidade de acessar a internet via computador ou dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Os alunos que estão na escola hoje — crianças e jovens — são nativos digitais, ou seja, eles já nasceram em um mundo imerso na tecnologia e conseguem utilizá-la com naturalidade.

Logo, a educação digital tem por objetivo ensinar a usar a tecnologia de forma a agregar valor à vida das pessoas. Ela é capaz de ajudar os jovens a identificarem os riscos, os desafios e as oportunidades da utilização da internet. Também pode ser trabalhada de maneira a orientar o seu comportamento, garantindo a sua própria segurança e uma relação respeitosa com os outros.

Assim, os alunos aprendem a ter responsabilidade e ética em uma série de situações, como quando postam ou compartilham algo online. Também aprendem a identificar as chamadas fake news, que são notícias falsas, desenvolvendo o seu senso crítico, são conscientizados dos malefícios do cyberbullying e aprendem a cuidar da própria segurança, por exemplo, não fornecendo dados pessoais para terceiros.

Portanto, na educação digital, é trabalhado, de modo amplo, a cidadania, a ética e a legislação.

Qual é a sua importância na escola?

A escola hoje é voltada para a construção de um cidadão integral e crítico, inserido na comunidade e preparado para o mundo do trabalho. As habilidades socioemocionais, o senso crítico e a responsabilidade desenvolvidas com a educação digital caminham ao encontro desse propósito.

As competências socioemocionais, por exemplo, são cada dia mais valorizadas no mercado de trabalho e a construção da cidadania é necessária tanto na vida online quanto na vida offline. Portanto, isso significa a construção integral do aluno.

Além disso, a educação digital propicia uma parceria entre a escola e a família dos alunos, o que torna os pais mais participativos e engajados com a instituição. Observa-se que, quando há interação entre professores, pais ou responsáveis e alunos, são gerados melhores resultados na formação humana e técnica do aluno.

Estamos vivendo numa sociedade marcada pela tecnologia. Logo, é indispensável que a escola também passe por essa transformação, por meio da educação digital, que vai influenciar o ensino e os projetos a serem desenvolvidos pelos alunos.

Gostou de saber mais sobre educação digital? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro das novidades!