Atualmente, existem certificações internacionais para professores e alunos que são verdadeiros diferenciais para o currículo. Grande parte das instituições de ensino valoriza as habilidades e capacidades oferecidas por esses programas.

Assim, se você é um profissional preocupado com o desenvolvimento escolar dos estudantes, saiba que, para prepará-los para o mercado de trabalho — altamente competitivo — é necessário ter conhecimento e engajamento sobre os níveis de proficiência exigidos.

Ficou curioso? Continue a leitura e conheça 3 certificações internacionais para professores e alunos que são tendência para a educação. Confira!

Qual é a importância das certificações internacionais?

O nível de conhecimento das principais instituições de ensino, tanto nacionais quanto internacionais, faz com que professores e alunos busquem estratégias inovadoras para o aprendizado. Dessa maneira, capacitar-se para as proficiências é bastante vantajoso para o desenvolvimento da carreira e do currículo.

Ao se manter por dentro das normas de padronização e dos critérios exigidos pelas diversas certificações, os educadores têm a chance de preparar os estudantes para as universidades e, também, para o mercado de trabalho. Portanto, é essencial comprometer-se com a transmissão da compreensão gramatical, auditiva e de leitura dos idiomas. 

Além disso, as tecnologias educacionais disponíveis possibilitam a implementação da personalização do ensino. Isso transforma a experiência para professores e seus alunos e contribui para a utilização de metodologias ativas que inovam a sala de aula. A estratégia pode, ainda, proporcionar a captação cada vez maior de estudantes.

As certificações internacionais desenvolvem o currículo com o objetivo de integrar a tecnologia ao contexto pedagógico da escola. Dessa forma, os pais evitam buscar instituições de idiomas e têm a garantia de uma educação integral, além de um serviço diferenciado e competitivo. 

Quais são as principais certificações internacionais?

Como já citamos, os certificados internacionais comprovam que o estudante conta com as aptidões e o desempenho suficientes para acompanhar as principais instituições de ensino. Isso se aplica, inclusive, para os alunos do ensino médio que desejam pleitear vagas em universidades estrangeiras.

Diante desse cenário, as escolas têm se preocupado cada vez mais em oferecer um aprendizado diferenciado. Para o ensino de idiomas, por exemplo, as aulas devem ser aperfeiçoadas para que o conteúdo atinja o mesmo nível de excelência requisitado internacionalmente.

Os professores também devem integrar a tecnologia em sala de aula, levando soluções para as mais diversas situações que envolvem a aprendizagem. Para isso, as certificações atestam que o educador é capaz de utilizar as ferramentas para promover uma experiência personalizada e altamente qualificada. 

A seguir, conheça 3 certificações internacionais para professores e alunos que são verdadeiras inovações para o contexto pedagógico.

1. Microsoft Certified Educator

O Microsoft Certified Educator (MCE) é uma certificação destinada a todos os educadores e conta com os conhecimentos básicos das principais ferramentas da Microsoft Education. O programa oferece e avalia uma série de habilidades específicas voltadas para a educação do século XXI.

Com fins de garantir um desenvolvimento profissional eficaz para o corpo docente escolar, o MCE atesta se os professores são capazes de oferecer aulas inovadoras e personalizadas aos seus alunos. Por isso, com a certificação, o educador comprova que possui as aptidões necessárias para aplicar as ferramentas de tecnologia do programa em sala de aula.

O Microsoft Certified Educator contribui para a facilitação e colaboração dos estudantes na aprendizagem dos conteúdos. Entre outros benefícios, o certificado também engaja os professores a buscar por soluções para problemas reais do contexto escolar.

2. Microsoft Office Specialist

Já o programa Microsoft Office Specialist (MOS) oferece uma avaliação das competências da utilização do Office pelos educadores. A certificação é responsável por destacar muitos profissionais, pois garante a obtenção do conhecimento sobre os diversos aplicativos da ferramenta.

O certificado é voltado para o público estudantil e, principalmente, para gestores e professores das mais diversas instituições. O pacote conta com o domínio do Office Access, Word, Excel, Powerpoint, OneNote, Sharepoint e Outlook.

Como uma das habilidades mais requisitadas no mercado de trabalho atualmente, a certificação do Microsoft Office Specialist é um diferencial para o currículo e, também, para a validação do seu conhecimento em relação à utilização das tecnologias.

Para realizar o exame, é necessário passar por um teste com perguntas que simulam problemas reais, além de avaliar alguns conhecimentos avançados das ferramentas do pacote Office. 

3. Microsoft Technology Associate

A certificação Microsoft Technology Associate (MTA) é um programa direcionado a todos que desejam iniciar carreira no ramo da tecnologia. Dessa maneira, ele dá credibilidade pois atesta o seu conhecimento na área e, também, em relação aos padrões técnicos exigidos pelas instituições.

Considerado um excelente certificado para a preparação profissional, o MTA possui diversas vantagens para desenvolvedores e, também, para professores que desejam inovar em sala de aula. Mesmo sem experiência na área da tecnologia, os estudantes têm acesso a uma abordagem mais simplificada e adequada ao seu contexto.

O educador pode atuar diretamente no incentivo dos alunos interessados em seguir carreira em TI, ou em outros ramos da tecnologia. Para isso, é necessário realizar um treinamento oficial oferecido pela Microsoft e testar seu conhecimento por meio de uma avaliação.

Sem dúvida, buscar soluções tecnológicas que auxiliem na gestão escolar e na capacitação de educadores e estudantes é um diferencial para as instituições de ensino. É possível, ainda, obter saberes abrangentes sobre as principais ferramentas oferecidas pela Microsoft e destacar-se como um profissional engajado e preocupado com a qualidade da educação.

Por meio da utilização da tecnologia, todo o contexto pedagógico é transformado e pode, inclusive, receber melhorias no âmbito institucional e administrativo da escola. Com isso, os colaboradores e suas capacitações são mais bem valorizadas.

As certificações internacionais para professores e alunos são excelentes estratégias para o aperfeiçoamento do ensino. Por outro lado, deve-se considerar que o mercado de trabalho também requer pessoas qualificadas e com uma formação equiparada aos níveis de qualidade atualmente disponíveis. Portanto, desenvolva as capacidades necessárias e leve mais inovação para a sua escola!

Gostou do artigo? Entre em contato com a Trivium e entenda como podemos ajudar você a oferecer as melhores opções para seus alunos!