Cada aluno tem uma necessidade diferente em relação a forma de aprender. Por isso, a personalização do ensino entra com todo o seu potencial, colaborando para que cada um desenvolva suas habilidades e competências da melhor forma possível. 

Mas como isso funciona? As tecnologias educacionais têm muito a ver com essa forma personalizada de ensinar e, consequentemente, também se relacionam com os próprios alunos, que se envolvem nos estudos de maneira mais criativa e autônoma.

Assim, o professor que trabalha com essa tendência educacional visa transformar a aprendizagem. Se você quer saber mais sobre personalização do ensino, continue lendo este post!

O que é personalização do ensino?

A personalização do ensino é uma proposta pedagógica que trabalha o conteúdo considerando a necessidade e interesse do aluno. Com isso, propõe estratégias que contribuem para o desenvolvimento da aprendizagem individual.

Trabalha respeitando o tempo de cada aluno

Essa proposta respeita o ritmo de aprendizado de cada aluno, auxiliando as dificuldades e potencializando os talentos. É preciso voltar o olhar para as características únicas do estudante, traçando estratégias e oferecendo recursos pedagógicos adequados.

Dessa forma, o ensino personalizado olha para as aptidões dos alunos de perto e, com isso, adapta o conteúdo de maneira correspondente às necessidades encontradas. Respeitar o tempo do estudante faz com que ele se sinta seguro para se desenvolver, facilitando o processo de ensino.

Torna o aluno protagonista de seu percurso

Ao propor um trabalho cuidadoso e personalizado de ensino, a proposta torna o aluno um protagonista de seu percurso, ou seja, de seu aprendizado, pois ele pode escolher qual caminho seguir. Essa abordagem, sem dúvida, transforma a jornada de estudos, proporcionando muito mais autonomia e comprometimento.

Quais os benefícios dessa proposta pedagógica?

Engaja o aluno nos processos educacionais

O interesse pela disciplina melhora muito. Isso ocorre porque a proposta de ensino personalizado abre espaço para o uso da tecnologia, o que torna o conteúdo muito mais instigante, como nos jogos online, por exemplo.

E atuar dessa maneira estimula um comportamento colaborativo dos alunos, ou seja, proporciona engajamento, pois eles gostam de estratégias de ensino em que podem interagir.

Potencializa as competências e habilidades

De que maneira isso acontece? Por meio de um aprofundamento no conteúdo de interesse do aluno. Se o interesse é em matemática, por exemplo, é essencial que as atividades inovadoras trabalhem essa disciplina. 

Assim, a jornada de estudos se torna um caminho mais flexível, moderno e, de certa forma, transformador. 

Proporciona melhor adaptação na escola

O aluno se adapta melhor ao ambiente escolar, fazendo com que qualquer dificuldade inicial seja substituída por uma atenção às suas preferências, ou seja, é possível adequar o ensino à sua realidade.

Lembre que a personalização respeita o tempo e as características dos alunos. Pode ocorrer, então, uma familiarização com a disciplina e a própria escola, pois acontece de maneira confortável para ele. É por essa razão que a proposta contribui para que cada aluno se adapte melhor.

Otimiza os estudos

O professor pode identificar como está o desempenho dos alunos em relação aos conteúdos e, a partir desse dado, facilitar a aprendizagem de acordo com as ferramentas escolhidas.

Por exemplo: se o aluno estiver com dificuldade em alguma matéria, como química, que tal sugerir atividades com o uso de tecnologia e que tratem do conteúdo? Elas podem ser lúdicas e, assim, despertar a atenção do aluno para o tema.

Agiliza o percurso pedagógico

Como vimos anteriormente, os estudos são otimizados, podendo agilizar a trajetória do estudante. Como? Ele tem acesso a muitas informações, podendo se atualizar realizando pesquisas nos meios disponíveis. Dessa forma, pode desenvolver uma jornada de estudo mais produtiva. 

Melhora o relacionamento entre alunos e professores

O relacionamento dentro da sala de aula melhora, pois com o auxílio da tecnologia a comunicação também pode ser facilitada — para isso, há aplicativos que contam com uma interface amigável e promove esse diálogo de forma mais direta e horizontal.

Dessa forma, há um melhor alinhamento de expectativas. Esse benefício já pode ser verificado na prática em escolas que já usam as tecnologias educacionais!

Como implementar na escola?

Primeiramente, os professores devem estar preparados para essa mudança. Eles podem pensar em avaliações menores, que podem ser aplicadas com mais frequência, trazendo muito mais dinamismo no lugar da avaliação que, hoje, é tradicional. Ou seja, inovar nas estratégias pedagógicas com a tecnologia.

Além da preparação, é importante também o engajamento dos professores em relação a essa proposta. Para isso, todos precisam estar na mesma página e entendendo o real valor dessa proposta.

Assim, investir em treinamentos que os qualifiquem nesse sentido é um investimento e tanto. Além disso, é essencial conhecer ferramentas que permitam a obtenção de informações de desempenho do aluno, por exemplo, o Office 365 para educação. Você já conhece? Estar por dentro dessas informações faz toda a diferença na hora de personalizar o ensino e adequar o conteúdo!

Por fim, para que que essa proposta pedagógica se torne uma realidade em sua escola e na vida de seus alunos, algumas mudanças são necessárias. Por essa razão, é importante refletir sobre medidas que devem ser tomadas:

  • adaptar a proposta pedagógica para o modelo de ensino adaptativo;
  • propor avaliações dinâmicas das competências;
  • utilizar ferramentas que forneçam dados de desempenho;
  • capacitar os professores para as novas tecnologias;
  • buscar uma consultoria especializada em tecnologias educacionais.

O trabalho será intenso, mas processos pedagógicos precisam de transformação e atualizações constantes — e quem trabalha com educação sabe disso. Contudo, o retorno é positivo: alunos ganham com a maximização de seu aprendizado e professores, por sua vez, também passam a contar com alunos motivados.

E então, está pronto para engajar seus alunos com a personalização do ensino? Não esqueça: as tecnologias educacionais, que também proporcionam uma nova experiência aos alunos e professores, podem ser uma das aliadas nesse processo!

Ficou interessado? A personalização do ensino pode ser uma incrível experiência educacional com a ajuda certa. Entre em contato conosco para saber mais sobre nossas soluções e oficinas de formação de professores. Estamos à disposição para esclarecer suas dúvidas!