O abandono escolar é um problema recorrente que pode trazer inúmeros transtornos para a instituição de ensino. Diversos fatores podem influenciar para que a situação ocorra, sendo assim, é papel dos gestores entender a fundo os motivos que levam os estudantes a desistirem das aulas.

Isso porque, antes de tomar qualquer medida, é imprescindível analisar como anda o dia a dia dos discentes, a fim de entender se estão tendo algum contratempo relacionado à aprendizagem. Nesse momento, é fundamental contar, também, com o apoio dos pais e responsáveis, pois eles podem ajudar a esclarecer comportamentos estranhos ou, até mesmo, a falta de interesse pelos estudos.

Para saber mais, continue a leitura e entenda como lidar da melhor forma com o abandono escolar dos alunos!

Entenda quais são as principais causas do abandono escolar

A evasão escolar consiste, basicamente, na falta recorrente de um estudante, levando ao abandono total dos estudos. Ela pode acontecer devido a inúmeras causas, como dificuldade de aprendizado, doenças crônicas, gravidez na adolescência, falta de incentivo dos pais e, ainda, por conta de casos de bullying.

Nesse sentido, para que a instituição de ensino evite esse tipo de ocorrência, é fundamental realizar o acompanhamento individual de cada aluno. Assim, é preciso conhecer de perto a realidade na qual o discente está envolvido, de modo a tentar ajudá-lo a não desistir da escola.

Descubra como lidar com o abandono escolar de um aluno

É preciso que os gestores prestem bastante atenção à evasão, uma vez que ela pode gerar um grande problema para a instituição de ensino. Além de ser uma questão financeira, pode contribuir, também, para a piora dos índices da educação. Dessa forma, o engajamento dos estudantes é prejudicado, gerando um ambiente desmotivador.

Para isso, é fundamental investir em algumas práticas que podem auxiliar a reintegrar o aluno afastado. Acompanhe a seguir e confira alternativas para lidar com o abandono escolar da melhor forma.

Investimento em tecnologia

Investir em tecnologia aumenta as chances de captar a atenção e o interesse dos discentes pelas aulas. Além disso, pode melhorar a qualidade do ensino. O gestor, nesse caso, tem a possibilidade de optar por uma das diversas soluções atualmente disponíveis, como gamificação, realidade virtual, entre outros.

Mudanças na metodologia de ensino

Um dos maiores motivos do abandono escolar é, possivelmente, decorrente da metodologia empregada na instituição. Dessa forma, é preciso reavaliar os índices de aprovação dos professores e, também, o projeto pedagógico utilizado. Assim, caso seja necessário realizar mudanças no método de ensino, certamente será muito mais simples optar pela alternativa que mais atenda às necessidades estudantis.

Avaliação de desempenho individual

De acordo com o currículo, é interessante realizar, a cada bimestre, uma avaliação de desempenho individual dos alunos. Isso ajuda a entender mais a fundo se existem problemas ou dificuldades em relação às disciplinas e seus conteúdos. Com isso, é possível analisar, também, as principais dificuldades de aprendizagem, entendendo quais são os pontos que devem ter mais atenção do gestor.

Participação ativa e interativa

Estimular a participação e a interação da turma é um passo essencial para combater a evasão na escola. É preciso oferecer, dessa maneira, um espaço de acolhimento e troca, valorizando as diferentes opiniões e os conhecimentos que os discentes levam para a sala de aula. Assim, tira-se o protagonismo do professor, direcionando a atenção para as contribuições dos estudantes.

O abandono escolar é um problema que deve ser encarado como uma prioridade para o gestor. Dessa maneira, é fundamental entender as razões que levam à situação, com o objetivo de evitar que ela torne-se recorrente na instituição de ensino. Assim, lembre-se de manter uma comunicação clara e direta com os pais dos alunos, sobretudo para minimizar os prejuízos em relação à aprendizagem.

Gostou do post? Então, siga a Trivium nas redes sociais para ter acesso a mais conteúdos como este! Estamos no Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn. Até a próxima!