As atividades interativas são uma realidade nas salas de aula há algum tempo. Isso porque, com tantos avanços tecnológicos, os métodos tradicionais já não são suficientes para manter a atenção dos alunos durante as aulas. Por isso, é necessário criar formas de estimular o interesse dos estudantes em aprender.

Além de manter o interesse dos alunos durante as aulas, as atividades interativas ainda melhoram o relacionamento entre estudantes e professores. Neste post, vamos citar a importância dessa prática nas salas de aula, mas vamos explicar o que significa esse conceito.

O que são atividades interativas?

Chamamos de atividades interativas o uso de recursos tecnológicos que permitem uma maior participação dos alunos na sala de aula. Então, o uso de tablets, computadores e outros recursos podem ser adotados para otimizar o aprendizado dos alunos.

Contudo, as atividades interativas não se resumem somente a introduzir o uso da tecnologia nas salas de aula. Os professores devem multiplicar as formas de passar conhecimentos e estimular os alunos a se tornarem agentes ativos no processo de ensino-aprendizagem.

Por isso, fazer experiências, aulas práticas e visitas em campo também é essencial para criar um ambiente interessante e propício a um melhor aprendizado.

Qual a importância das atividades interativas no processo de ensino-aprendizagem?

A nova geração, chamada de millennials já nasceu com total acesso à tecnologia. Então, aquela aula em que o professor fica na frente de todos explicando a matéria e passando exercícios no quadro negro para eles é muito monótona.

O uso de ferramentas interativas ajuda no desenvolvimento dos alunos e na interação deles com os colegas de classe — fator que está ficando mais complicado, devido ao vício dos jovens em celulares e redes sociais.

A seguir, vamos citar a importância de adotar atividades interativas para o processo de ensino-aprendizagem.

Aulas são mais atraentes e inovadoras

Imagine, em uma aula de reprodução humana, quando o professor deve explicar para a turma como é o processo de formação do embrião, desde a concepção até o nascimento. Falar somente sobre o assunto não prende muito a atenção dos alunos.

No entanto, se a aula dispõe de um vídeo em 3D, que mostra desde a fecundação do óvulo até o crescimento do embrião, os estudantes ficarão mais interessados na aula. Isso porque imagens, muitas vezes, ensinam mais do que palavras.

Esse é apenas um exemplo, pois os professores podem inovar e criar métodos diferentes de ensino, seja com o uso de recursos tecnológicos ou ferramentas simples, que permitem ao aluno criar uma parte do corpo humano, por exemplo.

Alunos mais motivados e focados no aprendizado

Quando os estudantes ficam muito dispersos dentro da sala de aula, eles não conseguem absorver o conteúdo como deveria. No entanto, com um conteúdo mais dinâmico, o foco cresce e dessa forma, os alunos conseguem aprender com mais facilidade.

Além disso, quando os professores percebem que os estudantes estão atentos ao conteúdo que é ensinado, eles ficam mais motivados a criar formas de aprendizado e para aumentar o leque de atividades.

Então, podemos dizer que as atividades interativas trazem benefícios tanto para professores quanto para estudantes.

Maior compreensão a respeito do conteúdo estudado

Voltando ao tópico que falamos sobre mostrar um vídeo com todas as etapas do desenvolvimento de um embrião humano, quando as pessoas assistem a uma apresentação verídica sobre um conteúdo que deve ser ministrado, sua compreensão a respeito do assunto é maior.

Utilizar esses recursos pode ser muito útil em aulas de Química e Física, pois os conteúdos são complexos. É mais fácil mostrar um vídeo em 3D sobre Elétrica e Magnetismo, explicando como processo funciona, o que somente falar e exibir gravuras nos livros.

Desenvolvimento de novas habilidades

As atividades interativas são importantes para estimular os alunos a desenvolverem novas habilidades. Enquanto os conteúdos são ministrados apenas dentro da sala de aula — com o uso da lousa, os alunos não têm a oportunidade de descobrir novos talentos.

Porém, a partir do momento que eles têm acesso a vistas em teatros, empresas, passeios, aulas de campo e em laboratório, seu leque de conhecimento se expande e, eles descobrem habilidades que sequer imaginavam que teriam.

Esse fator não é importante apenas para o processo de ensino-aprendizagem, mas incentiva os jovens a serem profissionais mais criativos e completos.

Respeito à individualidade do aluno

As aulas interativas são uma excelente forma de o professor avaliar o desempenho de cada aluno separadamente durante as atividades propostas. Isso é possível graças ao fato de que o estudante tem a oportunidade de fornecer um feedback das atividades realizadas e o professor pode avaliar o número de acertos, analisando onde o aluno tem mais dificuldade.

Quais projetos podem ser implantados na escola para tornar as aulas mais interativas?

Além do uso de tecnologia, visitas externas e uso de laboratório, que já foram citados ao longo do texto, outras atividades podem ser inseridas nas salas de aula, tornando o conteúdo mais interessante e dinâmico.

Um bom exemplo é o uso de games, que proporciona o aprendizado de forma interativa e divertida. A sala de aula invertida é outro bom método de ensino. Essa técnica consiste em disponibilizar o conteúdo para os alunos por meios digitais e durante as aulas, tirar as dúvidas deles sobre o assunto.

O júri simulado é outro método interativo, interessante e divertido de aprender. Essa aula ocorre da seguinte forma: é exposta uma situação para os estudantes. Então, eles se dividem em grupos de defesa e de acusação e todos devem apresentar seus argumentos.

A ideia desse tipo de proposta é ensinar aos alunos a ter senso crítico e desenvolver habilidades como organização, argumentação, levantamentos de hipóteses, diálogo e exposição de ideias.

As aulas interativas vieram para transformar o ambiente educacional, proporcionando melhoras no ensino-aprendizagem e melhorando a experiência dos alunos na sala de aula. Além disso, esse novo método estimula educadores a criar um ambiente mais interessante para os alunos, o que ajuda a ter mais prazer em ensinar.


 

Gostou do post sobre aulas interativas?

Que tal entender um pouco mais sobre novos métodos de ensino?

Veja também este post sobre atividades lúdicas e seus benefícios para professores e alunos.