Saber como planejar as atividades para volta às aulas é essencial, a fim de favorecer esse período. Afinal, esse retorno tem algumas particularidades, como a necessidade de readaptação e de planejamento. Principalmente, está relacionado à aquisição de novos conhecimentos, e tudo isso tem que ser estruturado.

A boa notícia é que, atualmente, o processo não precisa ser tão difícil. Com as ferramentas certas, é possível elaborar o melhor plano para garantir uma boa percepção por parte dos estudantes. Inclusive, há a possibilidade de investir em opções lúdicas, contextualizadas e diferentes.

Quer descobrir como planejar o novo período letivo? Confira dicas essenciais para ter bons resultados!

Organize as atividades por modalidades

Dividir a disciplina em modalidades ou “blocos” de conhecimento facilita a visualização e cria uma lógica de ensino. Agrupar aprendizados semelhantes e dentro do mesmo nível de complexidade é uma ótima maneira de começar o planejamento do modo ideal.

Após realizar essa divisão, vale a pena pensar em atividades que sejam consistentes, de acordo com cada categoria criada. Defina trabalhos e práticas que ajudem a consolidar o conjunto de conhecimentos que serão adquiridos em cada bloco. Isso reforça a aprendizagem e a organização.

Monte um cronograma para a volta às aulas

Depois de ter uma ideia sobre como deve ser a estrutura, é preciso começar a estabelecer os prazos. Dentro dos dias letivos disponíveis, pense em quanto tempo cada assunto deve receber e qual é a melhor maneira de cumprir essa parte do calendário escolar.

Não se esqueça de incluir as atividades para volta às aulas, desde dinâmicas iniciais até aulas práticas. Muitas vezes, elas são desconsideradas e isso atrapalha o planejamento. Então, o ideal é pensar em como elas se encaixam nesse período de readaptação para tornar o processo ainda mais simples.

Para montar esse calendário, inclusive, vale contar com a colaboração de outros professores. Assim, é possível ter integração e garantir a viabilidade de cumprir tudo o que for levantado.

Promova eventos de acordo com as datas sazonais

Já que a ideia é pensar em atividades para voltar às aulas da maneira ideal, vale a pena combinar o calendário com possíveis eventos. No começo do ano, o retorno costuma estar associado ao Carnaval. Então, realizar um evento com essa temática permite fazer uma transição interessante.

Além de garantir uma integração melhor de conceitos e despertar o interesse, essa é uma decisão que contextualiza conhecimentos. Assim, fica mais fácil incorporar a rotina de aprendizado de volta à realidade dos alunos.

Adote a tecnologia como parceira

Para tornar o processo muito mais eficiente, vale a pena incluir a tecnologia nesse planejamento. Com as ferramentas certas, é possível maximizar a colaboração, trocando ideias e impressões com outros profissionais. Assim, dá até para construir uma rede integrada de atividades.

O uso dos recursos certos ainda permite ter mais mobilidade, segurança e disponibilidade das informações. É viável adicionar ideias conforme elas surgirem, para que você possa trabalhá-las depois. No final, trata-se de algo indispensável para que o processo aconteça da melhor maneira.

Como professor, seu papel é essencial nas atividades para volta às aulas. Por ser o principal instrumento para os alunos retornarem ao contexto escolar, considere seguir essas dicas e obtenha um resultado diferenciado!

Gostou do artigo? Se quiser muito mais orientações e conhecimento para o seu cotidiano de ensino, siga nossas páginas no Facebook e no Instagram!