Já imaginou utilizar um recurso inovador e, de quebra, adquirir a atenção e interesse dos estudantes? Pois saiba que o Minecraft na sala de aula vem ganhando cada vez mais adeptos nas escolas, oferecendo vantagens para os professores e alunos de forma divertida. 

A versão pedagógica do jogo tradicional, o Minecraft: Education Edition, foi lançada visando o desenvolvimento das diversas competências curriculares. A gamificação — conceito que alia diversão, interatividade e conhecimento — é a técnica utilizada no game para melhorar a qualidade da aprendizagem dos alunos.

Ficou curioso sobre o assunto? Continue a leitura e entenda o funcionamento e como é possível aplicar o Minecraft na sala de aula. Acompanhe!

Como funciona o jogo?

O Minecraft é um jogo bastante popular entre as crianças e os jovens. Ele consiste na criação de mundos virtuais por meio de simples blocos interativos. Devido à familiaridade do game, a sala de aula ganha uma experiência inovadora e capaz de despertar o interesse — até mesmo dos estudantes mais desestimulados.

Dessa maneira, o jogo oferece funcionalidades educativas muito além dos livros didáticos. É possível, por exemplo, criar portfólios, desenvolver cenários históricos, sugerir planos de aula, criar avatares e projetos comuns a todos os alunos. Assim, o professor também sai ganhando, pois torna-se mais simples exercer controle sobre a demanda das atividades. 

Como utilizar o Minecraft na sala de aula?

Diante da atual tendência em engajar os estudantes com o uso da tecnologia, o jogo promove o desenvolvimento do raciocínio crítico, autonomia, cidadania e da capacidade de liderança de cada aluno. Para isso, os recursos interativos oferecem ricas experiências de aprendizagem em sala de aula e podem, até mesmo, substituir as tradicionais formas de se repassar as informações.

Por meio do Minecraft: Education Edition, o professor tem acesso a ferramentas exclusivas, inteiramente voltadas para o desenvolvimento educacional. Basicamente, transmite-se o conteúdo proposto para o formato virtual, visando a apreensão do conhecimento de maneira lúdica e personalizada para cada estudante.

Para navegantes de primeira viagem, o jogo oferece um tutorial com todas as funcionalidades e comandos disponíveis. No caso dos professores, é possível ter acesso a um suporte online com ideias de planos de aula aplicáveis.

Quais os benefícios do Minecraft na sala de aula?

A possibilidade do jogo tem facilitado, por exemplo, o ensino da geometria, matemática, química, história, biodiversidade, planejamento urbano, entre outros temas escolares. Como a abordagem dos conteúdos é mais interessante do que as aulas expositivas, o Minecraft é capaz de estimular o aprendizado de maneira muito mais criativa. 

Contando com a gamificação e a integração das novas formas de tecnologia na educação, todos os envolvidos adquirem benefícios. Ao aplicar os recursos na escola, como o uso de tablets, smartphones, cadernos digitais etc., o educador garante que as inovações trabalhem a seu favor.

Como visto, utilizar o Minecraft na sala de aula é um recurso tecnológico que diversifica a experiência educacional para alunos e professores. Para que a ferramenta seja efetiva e apresente bons resultados, o educador pode optar por aplicá-la nas mais diversas disciplinas e temas — colaborando para o engajamento na resolução dos problemas escolares. 

Gostou do conteúdo? Entre em contato com a Trivium e descubra todas as inovações educacionais que oferecemos!