Além da pedagogia, a educação é debate em várias outras áreas de estudo: economia, sociologia, cultura, história, entre outras. O tema tem se tornado amplo, pois há uma mudança ocorrendo tanto no perfil do estudante quanto nas ferramentas que estão entrando em sala de aula.

O estudante atual é informado, sabe argumentar, usa a tecnologia para realizar a maioria dos seus trabalhos; há também o aluno desmotivado que, às vezes, por problemas sociais ou particulares, não atinge o desenvolvimento esperado.

Todo esse contexto pode entrar em equilíbrio. O importante é buscar por técnicas de gestão de sala de aula para intensificar e motivar o aprendizado e a curiosidade entre os alunos.

Pensando nisso, trouxemos para você este conteúdo! Aqui você aprenderá o que é gestão em sala de aula, qual sua importância e como aplicar esse conceito na prática com seus alunos!

O que é a gestão de sala de aula?

Gestão de sala de aula são todas as ações planejadas e colocadas em prática pelo professor que visam estimular o aprendizado, trabalhando competências significativas como as socioemocionais, práticas e cognitivas.

Essa gestão deve ocorrer diariamente e o professor deve ficar atento aos seus discentes, suas dificuldades, facilidades, habilidades e talentos para traçar os principais problemas, trabalhar neles e buscar a solução.

Qual a importância desse conceito?

A gestão de sala de aula faz parte do planejamento. Ela será uma base para que o grupo atinja suas metas e a instituição de ensino colha os bons frutos do trabalho, formando alunos com boa capacidade crítica, engajados no aprendizado e se desenvolvendo como cidadãos plenos, conhecedores de seus direitos e deveres.

Quando uma escola consegue que o seu corpo pedagógico atinja bons resultados na gestão de sala de aula, os benefícios principais que podem ser alcançados são:

  • o desempenho do pedagógico é potencializado;
  • os alunos aprendem a ter mais autonomia e melhoram o desempenho;
  • quando as metas forem atingidas, tanto os alunos quanto os professores se sentirão mais motivados.

Como adotar uma gestão eficiente?

O educador Celso dos Santos Vasconcelos afirma que existem três dimensões básicas que precisam ser consideradas no planejamento: a realidade, a finalidade e o plano de ação. O plano de ação será composto a partir da realidade e da finalidade da sua equipe. O educador diz que não há problemas em começar o plano de ação sonhando, mas é importante, em algum momento, colocar os pés no chão e trabalhar com a realidade da sua instituição.

Para adotar uma gestão de sala de aula eficiente e, a partir dela, cumprir um com plano de ação e colher os bons resultados, é importante trabalhar os três aspectos citados abaixo.

Qualificação

Investir na formação continuada de professores é fundamental para que docentes e gestores continuem o trabalho de maneira atualizada. Algumas pessoas ficam presas às aulas do passado e, por consequência, às reclamações do passado. A qualificação é um caminho para novas possibilidades de planejamento, gestão e organização.

Organização

A organização é um passo importante para que o profissional saiba traçar seus objetivos e metas. No entanto, é preciso atenção: existem diversos métodos de organização, mas eles não são aplicáveis a qualquer situação. O contexto pedagógico tem suas peculiaridades e exige algumas competências que apenas o conhecimento da área pode trazer.

Relacionamento interpessoal

Desenvolver o relacionamento interpessoal é uma qualidade que auxiliará o profissional no momento de lidar com o aluno, com os seus responsáveis e na produção do seu planejamento pensando justamente em suas finalidades e metas interpessoais.

Como a tecnologia pode auxiliar nesse processo?

A tecnologia é uma grande aliada nesse processo. Ela abre possibilidades para que o professor se atualize e utilize novos métodos, como a sala de aula invertida ou o ensino híbrido.

Na sala de aula invertida com o uso das novas tecnologias, principalmente as móveis, propiciam experiências fantásticas tanto para professores quanto para os alunos. As plataformas digitais, o uso da inteligência artificial agilizam a gestão de sala de aula tornando o desenvolvimento de projetos mais ágil, lúdico e organizado.

Já no ensino híbrido, a tecnologia é a ferramenta central para que a aprendizagem esteja acessível para todos. Nessa nova proposta, o aluno terá a oportunidade de mesclar o ensino tradicional com instrumentos tecnológicos que já os são familiares.

Nesse contexto, o jovem perceberá o meio digital com um novo olhar: o do aprendiz, isto é, o computador ou o celular que, antes, era apenas para redes sociais, agora será também para aumentar a possibilidade de aprendizado.

Assim, nossos educandos terão mais autonomia e sentirão que estão mais ativos no processo de aprendizagem e o professor terá as ferramentas essenciais para planejar sua aula com mais eficiência, aumentar o interesse dos alunos, além de ter seus resultados armazenados e mapeados para o desenvolvimentos de projetos futuros.

A gestão de sala de aula é uma estratégia de gerenciamento que, quando bem aplicada, traz benefícios para todo o corpo institucional.

Notou como a gestão de sala de aula pode transformar as práticas escolares? Quer receber mais informações sobre o assunto? Então siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn!